Herbário


Herbário (do latim herbarium; plural herbaria) é uma coleção científica de plantas secas prensadas (exsicatas), conservadas e organizadas segundo uma sistemática. Dessa coleção é possível se extrair, utilizar e adicionar informação sobre cada uma das populações e/ou espécies conhecidas e sobre novas espécies de plantas.

Um herbário tem um papel fundamental de apoio a instituições de pesquisa e conservação da flora, por manter coleções históricas importantes e fornecer base para estudos taxonômicos, sistemáticos, ecológicos, florísticos entre diversas outras áreas da biologia vegetal (Valls 1998). É um valioso banco de dados e instrumento essencial para o desenvolvimento da pesquisa científica, além de atuar como centro educacional (Monteiro e Siani 2009).

As amostras das plantas coletadas no ambiente natural, são prensadas e secas, esse processo é chamado herborização. Posteriormente, as amostras são fixadas em cartolinas que acompanham uma etiqueta com informações detalhadas da coleta e características da espécie. Após a montagem o material recebe o nome de exsicata e passa a integrar a coleção de um herbário.
O Jardim Botânico de Jundiaí realiza atividades de coleta de propágulos, mudas e diásporos na natureza incluindo os domínios Mata Atlântica e Cerrado, atividades essas norteadas pela “Política de Coleções de Plantas Vivas do Jardim Botânico de Jundiaí”. Durante essas expedições na natureza amostras das plantas encontradas em estado reprodutivo são coletadas para serem destinadas a coleções em herbários.

Com a finalidade de subsidiar os trabalhos de pesquisa e atender ao quesito IX da Resolução CONAMA nº 339/2003 o Jardim Botânico possui convênios com dois herbários no estado de São Paulo, o Herbário do Instituto Agronômico de Campinas – IAC e o Herbário da Universidade Estadual de Campinas – UEC. Esses convênios proporcionam a manutenção de uma coleção de exsicatas pelo Jardim Botânico de Jundiaí, o que também subsidia os programas de pesquisa científica e conservação desenvolvidos pelo Jardim.

Referências
VALLS, J.F.M. Os Herbários e seu Papel nas Instituições de Pesquisa e Ensino. In: ENCONTRO ESTADUAL DE HERBÁRIOS, FEPAGRO, Porto Alegre (Nov 1997), Anais do Encontro. Porto Alegre: FEPAGRO, 1: 17-20, 1998.
MONTEIRO, S.S.; SIANI, A.C. A conservação de exsicatas em herbários: Contribuição ao manejo e preservação. Revista Fitos 4: 24-27, 2009.

Links úteis:





Jardim Botânico Jundiaí | Desenvolvido por CIJUN